FUGINDO DO ENGANO

 

    Salmo 15

 

Senhor, quem habitará no teu santuário?

Quem poderá morar no teu santo monte?

Aquele que é íntegro em sua conduta e pratica o que é justo; que de coração fala a verdade e não usa a língua para difamar; que nenhum mal faz ao seu semelhante e não lança calúnia contra o seu próximo; que rejeita quem merece desprezo, mas honra os que temem o Senhor; que mantém a sua palavra, mesmo quando sai prejudicado; que não empresta o seu dinheiro visando a algum lucro nem aceita suborno contra o inocente. Quem assim procede nunca será abalado!

 

Tiago 4

 

22 Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando vocês mesmos.

 

Muitas pessoas tem medo de voar, alguns já me disseram: ‘Lá no alto não tem acostamento, se der defeito no avião, não tem onde parar… ’ Isto é verdade, e nos põe a pensar… Mas, por conta dos benefícios, corremos este ‘risco’ sempre, pois, a aviação encurta as distâncias, nos permite produzir mais no trabalho, nos leva longe profissionalmente; e também nos proporciona conhecer lugares remotos, onde nunca imaginamos ir. Enfim, chegamos à conclusão que vale a pena…

Correr ‘riscos’ faz parte do nosso cotidiano na terra.

Porém, não podemos fazer o mesmo com nossa existência espiritual, pois as implicações são sérias para esta vida, e muito mais para a vida vindoura. Principalmente para o destino final da nossa alma. A bíblia diz que existem dois caminhos eternos, um leva ao céu e o outro ao inferno, e esta decisão acontecerá num dia de juízo, quando todos os seres humanos prestarão contas de si mesmo a Deus. Individualmente…

Assim, entendemos os dois textos acima, como uma séria advertência a respeito da nossa futura moradia, quando o salmista lança duas importantes perguntas. E o nosso irmão Tiago adverte que se não ouvimos a voz do Altíssimo através da sua sublime palavra, corremos um risco que pode ter consequências e danos irreparáveis. Será incomparavelmente pior que correr o risco de ‘andar de avião’.

Jesus Cristo coloca de uma maneira dura a realidade do nosso destino eterno.

 

Mateus 10

 

28 Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno.

 

Andar em temor a Deus, seguindo a palavra do Senhor, ouvindo, retendo o que é bom, e colocando em prática irá nos garantir habitar no santuário, morar no monte santo do Senhor. Esta é a vida eterna com Deus, o tão almejado céu.

Jesus Cristo é Deus, se manifestou em carne e deu sua vida por nós para nos colocar na direção certa, que é a restauração da comunhão com Deus, por meio do seu sangue. Ele é o único caminho!

Hoje mesmo você pode tomar esta decisão de reconhecer o senhorio de Cristo e aceitar a salvação que Ele nos oferece de graça, e receber do Espirito, pela fé, a unção para uma nova vida, que começa aqui na terra e prossegue na eternidade. Esta é a verdadeira vida, a vida eterna!

O maior engano que podemos cometer com nossa vida não é voar, saltar de paraquedas, pilotar uma daquelas máquinas da Fórmula 1, ou qualquer outro desafio ‘radical’, mas sim, desprezar e deixar de praticar os conselhos do Mestre.

Não engane a si mesmo e nem se deixe enganar. Entregue seu caminho ao Senhor e Ele tudo fará.

Transmita esta verdade a quem você ama!

Pastor Silvio Figueiredo